5 coisas que eu aprendi com os advogados mais admirados do Brasil!


Todo advogado almeja ter sucesso na carreira, se estabelecer e ser reconhecido pelo seu trabalho, por isso é importante aprender com quem já chegou ao topo.

Você pode fazer isso de muitas maneiras. Uma delas é tendo um mentor que ajude a orientar a sua carreira, definir estratégias de crescimento e ensinar detalhes da profissão que só se aprendem no dia a dia.

Outra forma é através do conteúdo da revista Advocacia 500, da Editora Análise. Todo ano eles fazem uma pesquisa super séria e detalhada com o departamento jurídico das maiores empresas do Brasil (em 2016, por exemplo, foram consultadas mais de 900 empresas) e computam os votos. Ao final, conseguem definir um ranking dos advogados e escritórios mais admirados.

Na área trabalhista foram indicados 78 escritórios e 61 advogados, e não é para menos, já que só no ano passado foram interpostas 2,6 milhões de novas ações na Justiça do Trabalho, ou seja, é muita coisa! Apesar do mercado jurídico estar um pouco saturado, esse alto número de reclamações trabalhistas mostra que existem muitas oportunidades para crescer e se destacar. Basta se organizar, trabalhar duro e não desistir!

Vou listar algumas lições muito importantes que aprendi com a Análise Advocacia 500:

1) ESTUDAR É PRECISO

A primeira coisa que se destaca é que a grande maioria dos advogados indicados se formou em uma faculdade de primeira linha e muitos fizeram um mestrado. 

Na prática é possível aprender que: mesmo que você não tenha se formado em uma faculdade conceituada, é possível melhorar o currículo fazendo pós-graduação, mestrado e até doutorado em instituições sérias e renomadas do seu Estado.

2) OS HOMENS AINDA SÃO MAIORIA

A grande maioria dos indicados são homens e menos de 25% são mulheres.

Na prática é possível aprender que: o mercado ainda é conservador, mas o número de mulheres em destaque está crescendo. Muitas vezes temos que trabalhar mais para provar o nosso valor, mas com dedicação e persistência é possível alcançar o nosso espaço.

3) FICAMOS MELHORES COM O TEMPO

Quase 80% dos advogados mais admirados estão entre essas faixas: de 10-19 anos de profissão ou de 20-29 anos de profissão.

Na prática é possível aprender que: não é necessário ter pressa de ser o melhor. Isso vai acontecer naturalmente com o tempo e com a prática. Aproveite cada oportunidade de aprendizado, porque o Direito é muito dinâmico e você pode acabar se destacando no mercado ao se especializar em um determinado assunto ou em uma atividade específica. 

4) REPUTAÇÃO É MAIS IMPORTANTE DO QUE PREÇO

Das empresas pesquisadas, 90% disse que a reputação do escritório é muito importante, enquanto apenas 64% classificou o valor dos honorários da mesma forma.

Na prática é possível aprender que: o seu nome e a sua reputação valem ouro. Se esforce para preservá-los no ambiente de trabalho. Seja conhecido pela sua seriedade, ética e profissionalismo. Não se envolva em práticas duvidosas. Não seja desagradável. Trate a todos com respeito. Se o seu nome for sinônimo de valor, você poderá cobrar os honorários que entender justos e as pessoas vão pagar, porque não pensarão só em preço, mas também no valor que você agregará a elas.

5) CONTROLE DE QUALIDADE

A pesquisa aponta que 96% das vezes o que influi na decisão da empresa de romper o contrato com um escritório é a queda na qualidade de serviços.

Na prática é possível aprender que: não basta ganhar o cliente. É preciso também consolidar, através de um serviço de qualidade. E isso não vale só para advogados de reclamada. Recebo muitas mensagens aqui no blog de reclamantes querendo desconstituir os seus advogados por erros, descaso e outros motivos. Ofereça qualidade não só no serviço, mas também no atendimento.

Bom, esses foram só alguns pontos interessantes. A revista traz muitas outras informações relevantes e se eu fosse você, corria para comprar, porque o conteúdo pode não só te ajudar a se tornar um profissional melhor, como também te inspirar a chegar no mesmo patamar dos indicados. Para quem não sonha, qualquer lugar está bom, né?

Você pode comprar a revista aqui: Análise Advocacia 500

Tem algum escritório ou advogado que você admira e tem como referência? 
Me conta aí nos comentários!

PS: Isso não é publicidade. Estou divulgando porque gosto muito do trabalho da Editora Análise :)

Melissa

Formada em 2003 e pós-graduada logo em seguida. Especialista em Direito Trabalhista na prática e Mentoria Jurídica.

6 comentários:

  1. Suas postagens são inspiradoras e muito prestativas. Adoro esse site! Ass. Dra. Luciana Rocha, Praia Grande/SP.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Luciana, que legal ter uma colega da Praia Grande acompanhando o blog!
      Fico feliz em te inspirar, ainda que um pouquinho :)

      Excluir
  2. Demonstra ser uma excelente profissional! Parabéns! Sua matéria me animou bastante em relação ao meu plano profissional.
    Ganhou mais um fã.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que legal, Diego!
      O segredo é não desistir... Você está no caminho certo :)
      Boa sorte na carreira!

      Excluir
  3. acabei de conhecer seu blog e estou encantada.

    Daiana (Curitiba)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ai que coisa boa, Daiana!
      Volte sempre :)

      Excluir