Que horas o reclamante pode falar na Audiência Trabalhista?


A audiência é um conjunto de coisas que devem acontecer no momento certo e isso inclui o momento do reclamante falar com o juiz. 

Percebo que muitos advogados não orientam seus clientes nesse sentido, o que leva a uma audiência em que o reclamante tenta falar a todo momento, chegando a interromper o juiz. A culpa, obviamente, é do advogado, que não explicou como as coisas devem acontecer.

Toda a fala da audiência, seja do reclamante ou da reclamada, é feita apenas pelo advogado, exceto nesses casos:

1. Cumprimentos de praxe ("bom dia", "boa tarde", etc).
2. Depoimento pessoal do reclamante.
3. Quando o juiz fizer uma pergunta diretamente ao reclamante.

Nos demais casos, oriente o seu cliente a não se manifestar. Se ele começar a falar, interrompa-o no mesmo momento e baixinho informe que ele não pode falar naquele momento e que se ele tiver alguma dúvida, pode falar direto com você (se for o caso, deixe um pedaço de papel para ele escrever durante a audiência, assim vocês podem se comunicar).

Lembrando que é papel do advogado deixar o cliente seguro de como o processo transcorrerá e isso só é possível com transparência e uma explicação minuciosa de cada passo. Lembre-se que para você aquilo é corriqueiro, mas para o reclamante é tudo novidade!

Se você já teve uma experiência nesse sentido, conta aí nos comentários! ;)

________________

Quer ser um especialista em audiências?

Curso: Audiência Trabalhista na Prática

________________

Crédito de imagem: Freepik

Melissa

Formadas em 2003 e pós-graduadas logo em seguida ♡ Ajudando colegas desde 2015!

2 comentários:

  1. Eu mesmo fui pra audiência com o meu advogado eu queria que ele falasse com o juiz pra que eu desse o meu depoimento pessoal. Mas ele não quis. Eu levei 3 Testimunhas mas ele so quis ouvir so uma enquanto a reclamada so levou uma que mentiu disfarçadamente e o juiz terminou negando todos os meus pedidos por causa do depoimento da unica testimunha da reclamada. Tivemos agora que entra com o recurso.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Paulo, tudo bem?
      Você deve conversar com o seu advogado!
      Boa sorte ;)

      Excluir