receba nossas postagens no seu e-mail!

Manual do Advogado

A forma que o advogado mais usa para se comunicar é por escrito, por isso é importantíssimo redigir bem uma petição ou qualquer outra coisa relacionada ao seu trabalho. Eu sempre uso uma “fórmula mágica” que me ajuda muito na hora de escrever.
Vem comigo!
1) Anote todas as suas ideias. Não precisa ser de forma ordenada. Às vezes escrevo só uma palavra ou algumas frases que depois vão me ajudar a lembrar do raciocínio que fiz. Nesse momento anote tudo o que vier a mente, ainda que não faça sentido, ou que você não saiba se é a melhor abordagem. Deixe a seleção das palavras para o passo seguinte.
2) Comece a construir as frases e parágrafos. Agora é a hora de estruturar os pensamentos e colocar de forma ordenada no documento. Retire o que não se encaixou e acrescente o que for necessário. Corrija os erros de português. Atenção para a estética: nada de muitos negritos, itálicos, sublinhados e caixa alta. Use todos os recursos com moderação.
3) Revise. A revisão é absolutamente necessária para os profissionais do Direito. Ela evitará que você transmita pensamentos incompletos e ininteligíveis. Leia, releia, ajuste, corte, troque a ordem dos parágrafos, acrescente o que for necessário, corrija os erros de português que ainda existirem. Esse é o grande trabalho rumo ao texto final.

4) Dê um tempo. De tanto trabalhar no texto, sua mente acaba decorando os detalhes e pode passar por cima de pequenos erros ou partes que ainda precisam de ajuste. Deixe sua mente descansar por alguns minutos, horas ou dias (quando o tempo permitir) antes de trabalhar mais uma vez o material.
5) Revise pela segunda vez. Ou terceira. Ou quarta. Ou quantas vezes for necessário. Esse é o detalhe que vai deixar a sua petição limpa, clara e bem estruturada.
Dica bônus: se estiver em dúvida quanto ao resultado, se for um trabalho importante e quiser uma segunda opinião ou mesmo se tiver tempo disponível, peça para um colega ler a sua petição e opinar com franqueza, fazendo críticas construtivas.
Essas dicas também podem ser aplicadas a e-mails, relatórios e quaisquer outros documentos que você queira elaborar! 😉

Leia também

Deixe seu comentário

30 Comentários

  • Melissa
    04 setembro, 2018

    Oi, tudo bem?Poxa, não tenho mesmo :(Mas no Google tem VÁRIAS BACANAS!Procure como “petição inicial trabalhista” (assim com aspas mesmo).Desculpa não poder ajudar dessa vez, mas desejo boa sorte 😉

  • Melissa
    03 setembro, 2018

    Estou à disposição 😉

  • Unknown
    29 agosto, 2018

    Boa tarde Dra. Procurei em todo seu blog um modelo de petição Inicial e não encontrei. Teria algum que pudesse me indicar. Obrigado

  • Unknown
    27 agosto, 2018

    Dra. Melissa, bom dia!Muitíssimo obrigada pelos esclarecimentos, confesso que por ser a primeira ação na Justiça do trabalho, estava um tanto receosa.Fiquei muito interessada na mentoria, creio que será de grande valia para aprimorar a prática e somar conhecimentos nesta nova área que resolvi atuar, só não entendi muito bem como funciona, gostaria de maiores esclarecimentos, se possível.Meu email elisangelacmouramarra.adv@gmail.com, no aguardo.Att.

  • Melissa
    24 agosto, 2018

    Oba! \o/

  • Melissa
    24 agosto, 2018

    Oi, tudo bem?Que bom que você chegou até aqui <3Vamos às suas dúvidas:1. Explica tudo direitinho e pede a diferença do que estiver faltando.2. Nesse caso alegue o Desvio de Função.3. Coloque essa empresa como responsável subsidiária.4. Não tem regra, mas normalmente se coloca a atividade para qual foi contratado e a última.Boa sorte 😉

  • Unknown
    23 agosto, 2018

    Excelente Blog!

  • Unknown
    23 agosto, 2018

    Bom dia, Dra. Melissa!Por acaso em uma pesquisa do Google encontrei seu blog, sou advogada iniciante e estou fazendo minha primeira ação na Justiça do Trabalho, confesso que tenho muitas dúvidas, se puder me ajudar, ficarei muito grata!1-) Estou fazendo minha primeira Reclamação, meu cliente foi demitido sem justa causa, a empresa não permitiu o cumprimento do aviso da forma trabalhado, disse que era para cumprir em casa! Colocou na rescisão que o aviso era indenizado, projetando a data para trinta dias após a comunicação da dispensa(correto seria 39 dias, ele tem mais de 3 anos de empresa), também não procedeu com o pagamento das indenizações. Somente liberou os papeis para levantamento do FGTS, mas sem a multa de 40%. 2-) Meu cliente foi admitido como ajudante, mas sempre realizou a função de mecânico de manutenção, tem qualificação técnica, mas não tinha experiência registrada na CTPS, foi admitido em 2015, mas só foi promovido à função em 2017. Existe a possibilidade, neste caso de equiparação salarial?3) A empresa é uma terceira que presta serviços de manutenção dentro de uma grande multinacional, e “vendia” o trabalho dele para a tomadora como “mecânico de manutenção”, mas ele recebia como ajudante.4) Última dúvida, no tópico dos fatos preciso explicar exatamente como esta na CTPS as funções dele ou coloco somente a última e o último salário?Fico no aguardo, grata desde logo!

  • Melissa
    19 junho, 2018

    Oi, Lincoln!Estamos todos em busca do Olimpo \o/KkkkkkkkkkkkkkkFico feliz em ajudar.Abraço 😉

  • Anônimo
    19 junho, 2018

    Olá Dra. Melissa,Estou também iniciando na advocacia trabalhista e tenho uma audiência de instrução logo, e estou gostando muito do seu blog, por ser esclarecedor, incentivador, e auxiliador.Parabéns pela iniciativa e a dedicação de seu tempo em nós ajudar, já que somos meros advogados “mortais” ainda, em busca do “Olimpo” do direito, lógico, com toda ética, dedicação e transpiração possível.Ainda bem que temos pessoas no meio que nos ajudam, realmente somos órfãos da prática…rsMuito obrigado … imensa Gratidão. Abs.Lincoln

  • Melissa
    16 abril, 2018

    Oi, tudo bem?Faz o aditamento na própria audiência.Pode ser que por conta disso o juiz remarque, ok?Boa sorte! 😉

  • Anônimo
    13 abril, 2018

    Boa tarde!Gostei muito dos comentários. Estou reiniciando minha carreira. Também, pouco advoguei. Tenho algumas dúvidas, sei que aos poucos vou sanando todas. Eu entrei com uma petição inicial e, pude perceber que houve um erro na jornada de trabalho do reclamante. Coloquei um horário diferente do dele. A audiência é una e será daqui a tres dias. Como faço? Posso fazer um aditamento e encaminhar eletronicamente ou devo fazer no momento da audiência?

  • Melissa
    22 outubro, 2017

    Oi, tudo bem?Se ainda não tiver sido entregue a defesa você pode fazer um aditamento bem simples e pedir a juntada!Boa sorte 😉

  • brunna
    19 outubro, 2017

    Olá, sou advogada iniciante, tenho uma dúvida, se puder me auxiliar, agradeço muito. Esqueci de juntar alguns documentos importantes numa reclamatória, como emails e o extrato do FGTS (como não houve depósito, seria só aquele extrato online da Caixa mesmo, com a mensagem “Não há registro da base de dados para o PIS informado”, o que significa que nunca houve depósitos… só isso serve? rsrs)Como proceder agora? Aditamento ou simplesmente peço a juntada? A notificação foi expedida mas ainda não foi cumprida.Abraços!

  • Melissa
    14 setembro, 2017

    Que legal!Volte sempre e espero que em breve você esteja aqui pegando dicas para a sua primeira audiência 😉

  • Anônimo
    13 setembro, 2017

    Dra Melissa sou estudante no 9º período e gosto muito das dicas do seu blog.Obrigada por nos ajudar!!

  • Melissa
    09 dezembro, 2016

    Imagina 😉

  • Anônimo
    08 dezembro, 2016

    Bom dia Dra. MelissaMuito grato por me ajudar. Bjs.:)

  • Melissa
    07 dezembro, 2016

    Que bom que deu certo!Agora você faz o levantamento do FGTS e dá entrada no Seguro Desemprego com os alvarás.Depois é só esperar a audiência 🙂

  • Anônimo
    07 dezembro, 2016

    Olá Dr. Melissa Bom DiaLembra da Petição pedindo a antecipação de tutela, a Juíza deferiu os pedidos. Quero lhe agradecer por ter dispensado parte do seu tempo para me ajudar, mesmo eu sendo apenas um acadêmico.Agora se não for pedir demais, pode me explicar qual os próximos procedimentos. Desde já lhe agradeço.Bjs:-)

  • Melissa
    19 novembro, 2016

    Oba! Que bom poder ajudar… Fico feliz! 🙂

  • Anônimo
    19 novembro, 2016

    Oiii, Dr. MelissaBoa tarde. Estou grato por abdicar parte do seu precioso tempo, para acrescentar aos meus conhecimentos informações tão valiosas. Obrigado Dr. Melissa dos Santos. bjs;)

  • Melissa
    18 novembro, 2016

    Te respondi! 🙂

  • Anônimo
    18 novembro, 2016

    Oi Dra. MelissaBoa Tarde!Enviei o e-mail conforme solicitado.Abraços!

  • Melissa
    17 novembro, 2016

    Airon, tudo bem?Na teoria é uma petição simples, explicando a situação para o juiz.Não tem como eu te enviar um modelo, porque depende de como é o seu processo e o que você precisa.Faz assim: me manda um e-mail explicando toda a situação e o motivo da antecipação de tutela que eu te ajudo… Pode ser? contato@manualdoadvogado.com.brTambém tenho um post só falando sobre despacho, que pode ajudar:https://www.manualdoadvogado.com.br/2016/11/como-despachar-com-o-juiz.htmlAbraço! 😉

  • Anônimo
    17 novembro, 2016

    Olá Dra. MelissaBom dia!!!Estou com dificuldades e gostaria de saber se pode me ajudar? Tenho que despachar uma petição, com pedido de antecipação de tutela, com o juiz. Mas não sei como elaborar esse tipo de petição. É possível me enviar um modelo? Desde já te agradeço pela atenção. Email. aironjunior@yahoo.com.br

  • Melissa
    30 junho, 2016

    Não desista… Você consegue!Boa sorte com a advocacia.Abraço! 😉

  • Melissa
    30 junho, 2016

    Que bom que está gostando e divulgando, Carlos!A intenção do blog é ajudar o profissional que está começando, então quanto mais colegas por aqui, melhor! 😉

  • Anônimo
    26 junho, 2016

    Adorei seu blog Melissa, sou formada há vinte anos e pouco advoguei, mas agora por circunstâncias da vida tenho de advogar e vejo que estou tendo um pouco de dificuldade,mas nada que eu não possa resolver,

  • Carlos Vasconcelos
    02 fevereiro, 2016

    Parabéns pelo site e pelo trabalho Dra Melissa!! Adorei a página e estou divulgando.