Valores Trabalhistas (até 01/08/2021) ─ Custas: 2% sobre a condenação | Depósito Recursal em Recurso Ordinário: R$ 10.986,80 • Recurso de Revista: R$ 21.973,60 • Embargos: R$ 21.973,60 • Recurso em Ação Rescisória: R$ 21.973,60 • Agravo de Instrumento: metade do valor do depósito do recurso que pretende destrancar (art. 899, §7º da CLT)
DinheiroPerícia

Honorários periciais na Justiça do Trabalho!

Essa matéria te explicará TUDO sobre honorários periciais na Justiça do Trabalho. Bora começar?

O que são os honorários periciais ?

São chamados de “honorários periciais” os valores devidos ao profissional nomeado pelo Juiz do Trabalho para a realização de perícia de periculosidade, insalubridade, médica ou contábil.
Essas são as mais comuns na Justiça do Trabalho, mas podem ser feitas outras, como a grafotécnica, por exemplo.

Em um processo pode ter pagamento de vários honorários?

Sim! Será determinado o pagamento de honorários para cada um dos Peritos nomeados no processo.
O juiz nomeia os profissionais de acordo com a especialidade de cada um e necessidade do processo:

  • Periculosidade: Engenheiro
  • Insalubridade: Engenheiro
  • Médica: Médico (generalista ou especialista)
  • Contábil: Contador ou Economista
  • Grafotécnica: Perito grafotécnico

Exemplo:
Se um processo tiver pedido de insalubridade e doença, certamente serão nomeados dois profissionais diferentes para a análise.
Se o processo for para a execução, pode ser necessária a atuação de um terceiro Perito, para análise dos valores efetivamente devidos. Nesse caso, serão 3 profissionais diferentes e 3 honorários diferentes.

Quem paga os honorários periciais na Justiça do Trabalho?

A responsabilidade pelo pagamento dos honorários periciais é da parte sucumbente na pretensão objeto da perícia, ainda que beneficiária da justiça gratuita (Art. 790-B da CLT).
Somente no caso em que o beneficiário da justiça gratuita não tenha obtido em juízo créditos capazes de suportar a despesa, ainda que em outro processo, a União responderá pelo encargo (§ 4º do Art. 790-B da CLT).
Isso quer dizer que os honorários periciais serão pagos por quem perder.
Exemplo:

  • Perito diz que reclamante não trabalhava em local insalubre: quem paga é o reclamante
  • Perito diz que reclamante ficou doente em razão das atividades realizadas na empresa: quem paga é a reclamada

Exceções:

  • Periculosidade + Insalubridade: se forem feitos os dois pedidos e o Perito reconhecer a existência de apenas um deles, embora exista uma perda parcial (sucumbência recíproca), quem paga os honorários é a Reclamada.
  • Perícia contábil: quem paga os honorários é sempre a reclamada (Art. 789-A da CLT).

Qual é o valor dos honorários periciais na Justiça do Trabalho?

No laudo o Perito indicará os honorários que pretende receber, mas o valor final será fixado livremente pelo juiz, respeitando o limite máximo estabelecido pelo Conselho Superior da Justiça do Trabalho (§ 1º do Art. 790-B da CLT).

Em que momento são pagos os honorários periciais?

Os honorários são pagos sempre ao final do processo, já em fase de execução.

Qual é o prazo para pagamento dos honorários periciais na Justiça do Trabalho?

Não existe prazo preestabelecido para o pagamento dos honorários periciais na Justiça do Trabalho.
Assim, cada juiz tem liberdade para indicar quando deverão ser pagos os honorários, por isso fique atento ao que estabelece a ata / despacho.
Quando são devidos pela reclamada, normalmente são pagos pela junto com o principal.
Quando são devidos pelo reclamante, normalmente são descontados do valor depositado antes do repasse ao credor.

Os honorários periciais podem ser parcelados na Justiça do Trabalho?

Sim! O § 2º do Art. 790-B da CLT diz que o juízo poderá deferir parcelamento dos honorários periciais.

O juiz pode pedir a antecipação dos honorários periciais?

Não! Após a Reforma Trabalhista foi introduzido o § 3º ao Art. 790-B da CLT, que diz expressamente que o juízo não poderá exigir adiantamento de valores para realização de perícias.

Tenho que pagar honorários periciais se fizer um acordo?

Depende da fase em que o acordo acontece!
Se a perícia foi designada, mas ainda não aconteceu, então não precisa pagar honorários.
Agora, se a perícia já aconteceu e existe laudo nos autos, então o sucumbente terá que pagar o honorários periciais (muitas vezes para incentivar o acordo o juiz diminui o valor dos honorários).

O que acontece se os honorários periciais não forem pagos?

Se o sucumbente não pagar os honorários devidos, será executado quanto ao valor correspondente.

Quem paga os honorários do assistente técnico?

O assistente técnico é um terceiro não obrigatório no processo, normalmente indicado pela parte que quer ser assistida por um especialista no ponto a ser periciado.
Como essa é uma figura facultativa e indicada pela própria parte, quem paga é o contratante (ou seja, a própria parte).
É advogado e tem outra dúvida prática sobre honorários periciais?
Deixa nos comentários 😉
_______________________
Crédito de imagem: Stockking

Formada em 2003 e pós-graduada logo em seguida. Já atuou em alguns dos escritórios trabalhistas mais admirados do Brasil. Em 2015 criou o portal Manual do Advogado e o site Mentoria Jurídica.

Qual é a sua reação?

Posts Relacionados

1 de 3

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.