receba nossas postagens no seu e-mail!

Você sabe como cadastrar uma petição inicial trabalhista no PJe?

Hoje por aqui tem um passo a passo bem explicadinho, para te guiar quando você precisar protocolar a sua primeira ação na Justiça do Trabalho!

Vamos lá?

1. Acesse o sistema do PJe

Faça o login usando o token, através do CPF e senha, clicando na opção “certificado digital”.

Lembrando que você pode cadastrar a sua senha no sistema, para acessar mais rapidamente o painel de trabalho do advogado.

2. Cadastrando um novo processo

Escolha a opção “PROCESSOS” e depois selecione “NOVO PROCESSO”.

3. Jurisdição e classe

Cadastre a jurisdição (Vara do Trabalho em que o processo vai tramitar) e a classe de ação (tipo de ação que você vai interpor – as mais comuns são as ações trabalhistas do rito ordinário ou sumaríssimo).

Após, clique em “incluir”.

4. Assuntos da petição inicial cadastrada

Cadastre todos os assuntos que são tratados na sua ação trabalhista, seguindo a seguinte dinâmica: escreva o assunto e clique em pesquisar.

Logo abaixo aparecerão as opções disponíveis. Escolha uma delas e clique na seta amarela que está virada para a esquerda, pois o assunto será direcionado para a coluna da esquerda.

Após selecionar todos os assuntos, clique em “PARTES”, conforme indicado na seta laranja.

5. Partes que integrarão a ação trabalhista

Pressione o sinal de “+” destacado em verde na imagem e cadastre as partes que farão parte da ação.

Em “polo ativo” você vai cadastrar o seu cliente, que é quem está interpondo a reclamação trabalhista e em “polo passivo” você vai cadastrar a parte contrária, que é quem vai se defender na ação.

Após, clique em “características”, assim como indicado na seta laranja.

6. Características

Preencha as seguintes informações adicionais do processo: se ele tramitará em segredo de justiça, se o seu cliente é beneficiário da justiça gratuita, se existe pedido de liminar ou antecipação de tutela, o valor da causa e se é caso de prioridade.

Após responder a todas essas questões, passe para a aba “anexar petições e documentos”, indicada na seta laranja.

7. Petições e documentos

Você pode enviar a sua petição pelo próprio editor de texto do sistema, ou enviar por PDF, que é o que eu recomendo.

Petições e documentos enviados em PDF devem tomar o cuidado de já estarem formatados para PDF/A (tem várias ferramentas que fazem essa conversão gratuitamente).

Primeiro clique em “adiciona” e depois “selecione o tipo”. Faça isso com todos os anexos da sua petição.

Após, clique na aba seguinte, denominada “informações da Justiça do Trabalho”.

8. Informações da Justiça do Trabalho

Cadastre os dados do local da prestação de serviços (UF e Município) e a atividade econômica do empregador.

Não se esqueça de clicar em “gravar” e depois selecione a aba “processo”, tal como indicado pela seta laranja.

9. Conferência e protocolo

Confira todos os dados cadastrados e valide os documentos, o que deve ser feito um a um.

Clique no símbolo de “cadeado aberto” 🔓, depois em “assinar digitalmente” com o seu tokien.

Atenção, pois os documentos já assinados digitalmente aparecem com o símbolo do cadeado fechado! 🔒

Depois de assinar todos os documentos, é só clicar em “PROTOCOLAR” (demora alguns segundos mesmo… não se desespere).

Após o protocolo, aparecerá uma mensagem informando que o processo foi protocolado e a Vara do Trabalho para a qual foi distribuída, bem como o número que foi atribuído ao processo:

Agora não tem como errar na hora de cadastrar petição inicial trabalhista no PJe!

____________________

Crédito de imagem: Freepik

Deixe seu comentário

2 Comentários

  • André
    15 outubro, 2020

    Muito bom!